sexta-feira, setembro 09, 2005

GRANDE ABERTURA NA ALDEIA

Na Grande Aldeia, a azáfama é notória. A Taverna escancara pela primeira vez as suas portas. As mesas chegaram directamente da serração e os bancos corridos já estavam à sua espera.

Os copos estão lavados. É melhor aproveitar, porque depois o vinho fica entranhado e o que hoje é cristalino amanhã já é opaco.

Os taberneiros serão anfitriões da melhor casta, quais alvarinhos do mundo primaveril das tascas. Haja chuva, porque o vinho espera pelo inverno e o sol já é de outono, apesar de estarmos ainda no verão.

Bem hajam!

[OS TABERNEIROS]